Aidar SBZ e Lobo & de Rizzo decidem no masculino; Tozzini Freire larga na frente em decisão feminina.

A penúltima data de Liga Jurídica neste ano reservou grandes emoções a todos. As mulheres começaram a decidir o campeonato, enquanto os homens fizeram as partidas semifinais, tanto da Série Ouro como na Prata.


 

 


FUTEBOL SOCIETY FEMININO

 


Tozzini Freire e Aidar SBZ começaram a decidir o título nesse domingo, com leve vantagem para as atuais campeãs. O Tozzini Freire derrotou o Aidar SBZ pelo placar de 2 a 1 e leva essa vantagem para a grande decisão. O jogo, muito equilibrado, foi todo decidido no primeiro tempo. O Tozzini saiu na frente em uma jogada de falta, onde a bola ficou com Marthina Teixeira, que chutou e marcou. Pouco tempo depois, o Aidar SBZ teve um pênalti a seu favor. Juliana Norcia cobrou e marcou, deixando o placar em 1 a 1. Perto do final da primeira etapa, Mayara Felix fez um belo drible, chutou e marcou o segundo do Tozzini.


 

No segundo tempo o jogo continuou equilibrado, mas com poucas chances reais de gols para as equipes. Com o resultado o Tozzini pode até empatar na próxima partida que fica com o título.

Na disputa pelo terceiro lugar, Mattos Filho e VPBG ficaram no empate em 1 a 1. As equipes voltam a campo no dia 8 de novembro para as partidas decisivas.
Na corrida pela artilharia, Mayara Felix, do Tozzini Freire, está na frente, com 6 gols. Selminha Silva, também do Tozzini, vem logo atrás, com 5 gols marcados.

 

 


 

Nada definido: ninguém pode afirmar quem será o campeão do feminino.

 

Jogo parelho: 1 x 1 levou decisão do 3º lugar para a última data.

 

 


FUTEBOL SOCIETY MASCULINO

 


Na primeira semifinal da tarde, o Lobo & de Rizzo derrotou o Mattos filho pelo placar de 3 a 1 e chegou pela primeira vez a uma final de Liga Jurídica. Rubens Lemes, Erick Farias e Felipe Neves marcaram para o Lobo. Rodrigo Silva fez o gol do Mattos Filho.  A vitória coloca o Lobo & de Rizzo pela primeira vez na final da Série Ouro.

O Lobo irá enfrentar o Aidar SBZ, que aplicou uma sonora goleada no Machado Meyer, com placar de 9 a 0. Alexandre Nogueira (2 gols), Tassio Britzki (2 gols), Bruno Carvalho (2 gols), Lucas Craveiro, Murilo Domene e Rafael Oliveira marcaram para o Aidar. Atual vice-campeão, o Aidar SBZ tem a chance de voltar a levantar o caneco.

 

Pela Série Prata, o Braga Nascimento venceu o MFRA por 9 a 4 e está na final contra o Pinheiro Neto, que passou pelo Castro Barros pelo placar de 6 a 2.

Na corrida pela artilharia, Luis Gustavo Godoy, do BM&A, está na frente com 14 gols marcados. Bruno Carvalho, do Aidar SBZ e Fernando Borrelli, do Pinheiro Neto, estão atrás, com 12 gols cada.

As equipes voltam a campo no dia 8 de novembro para as disputas finais.


 

 


 


Goleada: nem o mais otimista torcedor do AIDAR esperaria o placar de 9 x 0.

 

Dá-lhe Braga: fez a sua lição de casa e agora brigará para levantar o caneco da Série Prata.