Tarde emocionante consagra Aidar SBZ no futebol society.

 

Em uma tarde com oito decisões, festa, churrasco e um bom público, as equipes feminina e masculina do Aidar SBZ levaram os títulos de campeões da Série Ouro do futebol Society da Liga Jurídica 2013.

Série Prata

A tarde começou com a disputa pelo terceiro lugar da Série Prata Feminina, onde as meninas do VPBG derrotaram o BM&A por 5 a 0 e ficaram com as medalhas de bronze.

Na finalíssima da Série Prata, o Machado Meyer derrotou as meninas do Siqueira Castro por 5 a 1 e ficaram com o título.

No masculino, a disputa pelo terceiro lugar foi entre VPBG e Campos Mello, que levou a melhor vencendo o jogo por 6 a 3.

Na final, os rapazes do Tozzini Freire derrotaram a equipe do Lobo & de Rizzo por 5 a 1, ficando com o título do torneio.

Série Ouro

A disputa pelo terceiro lugar do torneio feminino envolvia dois antigos adversários: Tozzini Freire e Demarest. Depois de um empate em 0 a 0 no tempo normal, a partida foi para a prorrogação. Ainda na primeira etapa do tempo extra, o Demarest marcou o gol da vitória. Maria Wagner chutou forte e rasteiro e marcou um belo gol, garantindo o terceiro lugar, mesma posição que equipe alcançou no ano passado.

No masculino, a disputa foi entre o Siqueira Castro e o Mattos Filho. O Siqueira foi pra cima desde o começo do jogo e dominou toda a partida. A equipe se despediu do campeonato com uma bela vitória por 5 a 1, com gols marcados por Alexandre Alves, Rafael Penafiel e Raphael Resende, que marcou 3 vezes.

A final feminina envolvia Aidar SBZ e Mattos Filho. Diferentemente do ano passado, onde a equipe do Aidar foi irregular e melhorou apenas na reta final do torneio, nesse ano o time foi constante e vitorioso durante todo o ano, e chegou com certo favoritismo à final. E o jogo foi mesmo dominado pela equipe branca. Já na segunda etapa, Giovana Arriente chutou forte de fora da área e abriu o placar. O segundo gol veio em seguida. Depois de uma cobrança de escanteio, Giovana ajeitou a bola e chutou forte no cantinho, sem defesa para a goleira adversária. O Mattos Filho tentou reagir, mas já era tarde. Assim, o Aidar SBZ confirmou seu favoritismo e ficou com o bicampeonato da competição.

No masculino a sorte também estava do lado do Aidar SBZ. Depois de chegar a disputar a repescagem, a equipe se uniu e foi contundente em todos os jogos da fase final.O BM&A foi mais regular durante o campeonato e chegava a uma decisão pela primeira vez. Depois de um começo de jogo equilibrado, com ambas as equipes nervosas e vibrando a cada lance, o Aidar abriu o placar através de João Ricardo Silva, que subiu mais que a defesa e marcou um belo gol de cabeça. Na segunda etapa o BM&A voltou mais concentrado, mas o gol não saia. O Aidar conseguiu ampliar sua vantagem com mais um gol de João. Dessa vez ele chutou de bem longe e acabou marcando. De cabeça, Murilo Domene marcou o terceiro. Bruno Landini pegou o rebote do goleiro e marcou o quarto do Aidar. No final, o BM&A converteu um shootout cobrado por Diogo Camargo, marcando seu gol de honra. O Aidar chega a seu segundo título na Liga Jurídica coroando um ano excelente para o futebol do escritório.

 

Cerimônia de premiação
Depois das partidas a Sportiva realizou a cerimônia de encerramento do campeonato com os seguintes prêmios:

FEMININO:
Artilheira: Giovana Arriente( Aidar SBZ), com 19 gols;
Melhor Goleira: Ingrid Furtado (Tozzini Freire).

Série Prata
Campeãs: Machado Meyer;
Vice-campeãs: Siqueira Castro;
3º lugar: VPBG.
Melhor jogadora da final (Prata): Isadora Cohen (Machado Meyer).

Série Ouro:
Campeãs: Aidar SBZ;
Vice-campeãs: Mattos Filho;
3º lugar: Demarest.
Melhor jogadora da final (Ouro): Giovana Arriente (Aidar SBZ).

Seleção da Liga: Ingrid Furtado (Tozzini Freire), Selminha (Tozzini Freire), Giovana Arriente (Aidar SBZ), Ana Carolina Di Giacomo (Demarest), Amanda Lopes (Machado Meyer), Mayara (Mattos Filho) e Rosana Cíntia (Aidar SBZ).

MASCULINO:
Artilheiro: Cléber Sassi (Castro Barros), com 14 gols;
Melhor goleiro: Rafael (Tozzini Freire), que ao receber seu troféu, pediu a namorada Bruna em casamento, num momento emocionante da cerimônia);

Série Prata:
Campeões: Tozzini Freire;
Vice-campeões: Lobo & de Rizzo;
3º lugar: Campos Mello.
Melhor jogador da final (Prata): Maxwell Silva (Tozzini Freire)

Série Ouro:
Campeões: Aidar SBZ;
Vice-campeões: BM&A;
3º lugar: Siqueira Castro.
Melhor jogador da final (Ouro): Murilo Domene (Aidar SBZ);

Seleção da Liga: Bruno Landini (Aidar SBZ), Cléber Sassi (Castro Barros), Alexandre Petrica (Siqueira Castro), Renato Nana (Mattos Filho), Diogo Camargo (BM&A), Lucas Homem de Mello (Machado Meyer) e Rafael (Tozzini, Freire).

Cerca de 300 pessoas prestigiaram as partidas finais e puderam saborear um churrasco, numa deliciosa tarde de futebol, confraternização e amizade, marca registrada da Liga Jurídica.

     
 
Bicampeãs: Aidar feminino leva a taça pra casa, de novo!   Aí sim, hein: depois de começo irregular, Aidar masculino melhorou ao longo do campeonato.
     
 
Machado: consagrou-se campeão da série prata.   Com pedido de casamento e tudo mais: Tozzini levou Série Prata no msaculino.